0
  • Nenhum produto no carrinho

0
  • Nenhum produto no carrinho

CONHEÇA A HISTÓRIA DE LUISA MELL

Compartilhar

Chefel Beleza Sensata

Você deve conhecer Marina Zatz de Camargo, talvez não por esse nome. E se eu falar Luisa Mell? Se você pensou:”Ah! É aquela ativista das causas dos animais?”.  É ela mesmo. 

Luisa Mell, com seus 41 anos, é uma referência quando o assunto é combate aos maus-tratos contra os animais domésticos. Nascida em São Paulo, a sensível Luisa, não apenas se destaca como defensora dos animais. Atriz em peças e telenovelas, apresentadora de televisão, bacharel em direito e escritora são algumas das suas ocupações profissionais. 

Com sua força e determinação, Luisa  Mell não só ganhou o coração dos animais que resgata diariamente, mas também de personalidades da mídia, como, por exemplo,  a cantora Rita Lee. Em entrevista concedida para o jornal Folha de São Paulo, Rita Lee deu uma declaração sobre Luisa Mell : “Luisa merecia uma estátua em praça pública por esse trabalho que faz em defesa dos animais. […] Luisa é nossa [Brigitte] Bardot tropical.”.

Se até Rita Lee se rendeu aos encantos de Luisa Mell,imagina a gente da Chefel! 

Mas você deve estar se perguntando de onde vem esse nome? Vamos te explicar. Filha de pai cristão e mãe judia, até então Marina Zatz de Camargo, escolheu o nome Luisa para homenagear a avó materna (que morreu em um acidente brutal automobilístico. 

Vamos conhecer um pouco mais sobre Luisa Mell e as suas bandeiras? Continue lendo!

LUISA MELL E SUA LUTA PELOS DIREITOS DOS ANIMAIS 

A relação de Luisa Mell com os direitos dos animais inicia-se em um momento delicado da vida da doce menina mulher. Como a perda de uma pessoa querida da família, Luisa Mell adota um cachorrinho vira-lata.  Dino foi motivo da alegria para a família de Luisa durante muitos anos. 

Outro momento importante para a construção da figura de grande ativista foi quando, no início dos anos 2000, participou do programa Late Show.  O programa era veiculado à RedeTV! e mostrava cenas dos resgates feitos pela família de Luisa Mell. 

Um marco importante para os direitos dos animais no Brasil foi a fundação do Instituto Luisa Mell em 2015.

Ele atua em três importantes passos: o resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção. Desde o início, o foco sempre foi os animais domésticos. Porém, ultimamente, a ONG tem alcançado também os  animais silvestres.

O Instituto Luisa Mell  também promove eventos e incentiva a adoção dos animais resgatados e curados.

OS RESGATES MAIS EMOCIONANTES QUE LUISA MELL JÁ REALIZOU


  • 1.500 cães resgatados 

Quem acompanha Luisa Mell, já percebeu que não tem tempo ruim para ela. O resgate de 1.500 cães de raça foi histórico . Tudo começou a partir de uma denúncia feita  à Polícia Ambiental e repassada pela própria Polícia para a Luisa Mell.

Os cães eram mantidos em cativeiro apenas para reproduzirem. Os filhotes eram vendidos em pets shops no interior de São Paulo.

  • Caso Brumadinho

Com a tragédia de Brumadinho, muitos animais foram atingidos pela onda de lama que vazou da barragem da Vale. Luisa não pensou duas vezes! Foi com sua equipe do Instituto Luisa Mell para resgatar animais. 

Infelizmente, mesmo indo para Brumadinho com esse objetivo, Luisa Mell teve tentativas frustradas de resgates de bois e vacas atolados na lama. 

O VEGANISMO NA VIDA DA ATIVISTA DOS DIREITOS DOS ANIMAIS

Atualmente, o veganismo tem ganhado espaço não só nas vitrines das lojas, mas também dentro das discussões das rodas de amigos. Porém, nem sempre foi assim. Foi justamente nessa época, há 5 anos atrás, que Luisa Mell resolveu aderir esse estilo de vida. 

Luisa Mell fala que a decisão foi tomada depois de muita reflexão. Para ela, ser vegano não é apenas mudar a dieta, mas também o vestuário. Em uma entrevista para o portal da revista Quem, Mell admitiu que jogou bolsas de grife para se adequar ao veganismo. 

Com seu filho Enzo, com 4 anos, não é diferente. Quando questionada como ele reage durante as festinhas de criança, Luisa Mell responde que leva bolo, beijinho e brigadeiro veganos para o filho. 

CONCLUSÃO 

Ser protetora dos animais no Brasil não é fácil, mas Luisa Mell vem fazendo esse trabalho divinamente. Sua dedicação tem inspirado vários famosos (Anitta e Isis Valverde são bons exemplos disso) e anônimos por todo o país. 

Seus registros audiovisuais dos resgates ganham proporções enormes quando divulgados na internet. Eles tocam o coração de cada um e alertam sobre a importância de cuidar dos nossos animais. 

A Chefel também acredita que há como viver sem afetar o meio ambiente e os nossos animais. É por isso que estamos trazendo exemplos de pessoas que lutam todos os dias para promover um consumo mais consciente. 

Quer ajudar os animais através do projeto da Luisa Mell e não sabe como? Vamos te explicar tudinho!

Você pode contribuir doando dinheiro para o Instituto Luisa Mell para manter a ONG. Quer ser mais ativo? Você pode se voluntariar através do site. Viu algum caso chocante de maus-tratos? Mande uma mensagem para  o e-mail atendimento@ilm.org.br. Não se esqueça de formalizar a denúncia antes. Se possível, reúna fotos e disponibilize o endereço na hora de fazer um boletim de ocorrência em uma delegacia. 

Gostou de conhecer um pouco sobre a vida da Luisa Mell? Também adoramos contá-la para vocês. Para conhecer mais histórias como esta, nos acompanhe pelo nosso instagram (@chefelbelezasensata).

Deixe um comentário